business_in_transition svg
Confirmed Amount = 39.240,73 €
Reserved Amount = 50 €

39.290,73 €

125.000 €

16 dias para investir

EntoGreen

Location Pin Svg
Santarém, PT

pagamentos

mensal

prazo

4 anos

por ano

5.5%

rating

C+

Insetos que transformam desperdício em proteína e fertilizante.

Descrição

A EntoGreen, uma marca da Ingredient Odyssey (IO), focada na economia circular no setor agroalimentar, alcançou um investimento que lhe permitirá construir a primeira unidade industrial de bioconversão com insetos. A empresa sediada em Santarém vai recorrer a insetos para obter proteína para ração animal, fertilizantes não químicos e óleo de insetos a partir de desperdícios vegetais. Além disso, a EntoGreen também investirá na construção da sua própria unidade de I&D na Zona Industrial dessa mesma região.

Para este efeito, a IO levantou uma combinação de fundos, capital próprio e dívida, no valor de 10,36M de €. A empresa continuará a angariar dívida - na qual está incluído o empréstimo que vai contrair através da GoParity - para a implementação do projeto.

A nova unidade, já em construção e cujo inicio da produção se encontra previsto para outubro de 2022, é inovadora pela forma como utiliza os insetos como ferramenta de bioconversão. A tecnologia EntoGreen utiliza como biodigestor a Mosca Soldado-Negro e esta nova unidade irá converter, anualmente, 36.000 toneladas de subprodutos vegetais em 2.500 toneladas de proteína, 500 toneladas de óleo de inseto para a alimentação animal e 7.000 toneladas de fertilizante orgânico para os solos, devolvendo às plantas e aos animais nutrientes que hoje são desperdiçados.

O investimento, agora conquistado, apoiará também a empresa no seu plano geral de I&D que engloba um investimento estimado em 5 milhões de euros entre 2021 e 2026 para novos projetos de investigação que incidem na criação de novas soluções de sustentabilidade ambiental.

O impacto

Direto

Reutilização de resíduos e promoção da circularidade: a EntoGreen utilizará anualmente 36 mil toneladas de resíduos vegetais oriundos das indústrias de transformação agroalimentares para produzir 7 mil toneladas fertilizante orgânico, 2.5 mil toneladas de concentrado proteico, e 500 toneladas de óleo alimentar de inseto. Os subprodutos da indústria agroalimentar e o seu desperdício constituem um problema logístico, ambiental e económico para as empresas do ramo, e a solução da EntoGreen possibilita uma reutilização sustentável dos resíduos e dos seus nutrientes, numa perspetiva de economia circular.

Processo ambientalmente responsável: o processo de obtenção dos produtos da EntoGreen, a partir de resíduos agroalimentares, baseia-se em biotecnologia e consiste num processo limpo que não gera resíduos e não emite fumos ou cheiros.

Contribuição para alimentação animal mais sustentável: o concentrado proteico e o óleo de inseto são produtos utilizados na alimentação animal (até ao momento em rações de aquacultura e de animais de companhia), o que permite que a alimentação seja sustentável, devido ao processo de obtenção dos produtos com uma pegada carbónica muito inferior às soluções tradicionais de obtenção de proteína.

Contribuição para fertilização vegetal sustentável: o fertilizante orgânico produzido pela EntoGreen, devido ao seu processo de obtenção a partir de resíduos e com a utilização de insetos, é biológico e pode ser usado em produções com esta certificação. Este processo apresenta pegada carbónica muito inferior às soluções de obtenção de fertilizantes tradicionais. E ainda, contribui para a diminuição do uso de fertilizantes químicos e potencialmente nocivos para a saúde humana.

Criação de postos de trabalho: com a expansão da unidade de I&D e a implementação da primeira unidade industrial, a EntoGreen prevê a criação de 66 postos de trabalho. No total, 40% dos recursos humanos da empresa serão altamente qualificados.


Indireto

Promoção da inovação e pesquisa: o investimento na pesquisa no desenvolvimento de soluções inovadoras para agricultura e alimentação animal mais limpa e sustentável. A associação com as suas unidades industriais permite também, no futuro, a transferência de conhecimento e tecnologia.

Promoção da economia de setor inovador: a unidade de I&D da EntoGreen tem o potencial de alavancar colaboração com outras empresas do setor dos insetos, que é nascente e com grande potencial de inovação e valorização. Estas relações de colaboração podem destacar Portugal na indústria de utilização de insetos como solução sustentável escalável.

Impact indicators

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

2 image
8 image
9 image
12 image

Viabilidade Financeira

A empresa espera atingir um volume de negócios anual superior a 10 milhões de euros provenientes da venda destes produtos. No entanto, só em 2023 a empresa apresentará resultados positivos. Os fundos para o reembolso do empréstimo irão provir inicialmente de meios próprios existentes na empresa, subvenções a receber (2,6 milhões de euros de incentivos já aprovados ainda por receber) e uma linha de crédito a longo prazo de 0,75 milhões de euros, e, após o arranque da operação, dos meios que a mesma libertará. Assim, o empréstimo através da GoParity representa apenas uma pequena fração da estrutura financeira da empresa.

PDF Logo Svg

Download Informações Fundamentais destinadas aos Investidores de Financiamento Colaborativo

Security SVG
Garantias

O promotor

Sobre Ingredient Odyssey SA

A Ingredient Odyssey, SA (IO) foi fundada a 4 de março de 2014 por Daniel Murta, que é o CEO e responsável de I&D da IO. Foi durante o seu PhD que viu nos insetos a oportunidade de contribuir para a sustentabilidade na produção alimentar, desenvolvendo alternativas proteicas e novas fontes nutricionais para a alimentação humana e de animais, à base de insetos.  

Uma das primeiras parcerias surgiu com o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) em 2013, parceiro central do projeto EntoGreen.

O primeiro projeto submetido, em conjunto com o instituto, focava-se em fontes proteicas alternativas para a alimentação animal (Genetics and nutrition and alternative feed resources for terrestrial livestock production) e foi apresentado no início de 2014 no âmbito de uma candidatura do Horizonte 2020 liderada pela Universidade de Milão e envolvendo várias entidades de diversos países, dentro e fora da Comunidade Europeia.

Atualmente a IO e a INIAV continuam com o desenvolvimento do projeto tendo em simultâneo investigado a criação de soluções para subprodutos vegetais, trazendo a economia circular para o sector agroalimentar.

Em setembro de 2015, Rui Nunes entrou para a estrutura societária da Ingredient Odyssey, já que também trabalhava na mesma área de investigação.

Até hoje a EntoGreen continua a desenvolver trabalhos na área e iniciou a construção de uma unidade bioindústrial na qual será possível converter 36.000 toneladas de subprodutos vegetais em milhares de toneladas de produtos finais.

Porém, o papel da I&D na história da IO não termina com a implementação da primeira unidade bioindústrial, a empresa pretende continuar a investigar e desenvolver novos projetos com biotecnologias inovadoras, na expectativa de deixar a sua marca na sustentabilidade ambiental em Portugal e no mundo.

Daniel Murta (Fundador e CEO)

Rui Nunes (Fundador e COO)

Diogo Palha (CFO)

Gonçalo da Cunha Ferreira (TTO)

Maria Ana Machado (Gestora de Inovação)

Rui Miguel (Diretor de Projetos Industriais)

 

Teresa Ribeiro (Diretora de Qualidade e Inovação)

Modelo de negócio

O Modelo de Negócio da EntoGreen consiste na produção industrial sustentável de proteína animal e fertilizante orgânico a partir da utilização de subprodutos vegetais que hoje representam um problema para as industrias agroalimentares, através de um processo biotecnológico, cujo protagonista é a mosca-soldado-negro. O compromisso ambiental da EntoGreen consiste em trazer a economia circular para o setor agroalimentar e assenta na oferta de uma gama completa de produtos 100% Ecológicos e de Produção Sustentável, na busca de um equilíbrio justo entre o Homem e a Natureza.

Ativo desde

2014

País fiscal

PT

Com operações em

Portugal

Indústria

I&D

Número de empréstimos GoParity

1

Mulheres acionistas

Não

Atualizações

2021-11-17

Aberto a investimento

Esta campanha está aberta para investimento

Subscreva a nossa newsletter e mantenha-se atualizado sobre as nossas oportunidades de investimento.

Go Parity Logo Text

A GoParity é uma plataforma de investimento de impacto que junta empresas que procuram financiamento a cidadãos e empresas que querem investir de forma sustentável. Estamos a crescer rapidamente, não só no tamanho da equipa, mas também no impacto que geramos. Nascemos no Porto em 2017 e, desde então, financiámos projetos em vários países do mundo, com a ajuda de uma comunidade crescente de investidores de todo o mundo.

Casa do Impacto

Tv. de São Pedro 8
1200-432 Lisboa
Portugal
Facebook Icon
Twitter Icon
Instagram Icon
Language SVG

© 2021 GoParity

A parte ou a totalidade do seu capital investido pode estar em risco e o retorno do seu investimento depende do sucesso do projeto investido. Considere todos os riscos antes de investir e leia a Informação Financeira ao Investidor (IFIFC) para cada investimento, disponível em www.goparity.com. A Power Parity, SA é uma plataforma de financiamento colaborativo autorizada e supervisionada pela CMVM. Todos os pagamentos, transferências e levantamento de fundos são assegurados pela MangoPay SA, uma instituição de pagamentos eletrónicos autorizada e supervisionada pela CSFF (autoridade financeira do Luxemburgo), pela licença nº 8711.