Projetos

Biocombustível Circular Setúbal II

100% Montante confirmado = € 40.000,00
Montante reservado = € 0,00
€ 40.000,00
100% Financiado
5 yr

Prazo

4.75%

TANB

12 meses

Período de Carência

mensal

periodicidade

B

rating

circular_economy

Economia Circular

6. Água potável e Saneamento

SDG 6. Água potável e Saneamento

12. Produção e Consumo Sustentáveis

SDG 12. Produção e Consumo Sustentáveis

7. Energias renováveis e acessíveis

SDG 7. Energias renováveis e acessíveis

Equipamento para reutilização de óleo para produção de biodiesel.

Impacto

Ambiental

  • Redução de emissões de Gases com Efeito de Estufa (GEE): entre os biocombustíveis existentes, o biodiesel produzido a partir de OAU, é aquele que emite menos GEE, garantindo 88% de redução de emissões. Com estes novos equipamentos, o biodiesel produzido pela Biosarg (3.500 ton/ano) terá um efeito de redução de 11.056,87 ton de CO2/ano.

  • Diminuição da contaminação de água dos sistemas de esgotos: quando o OAU é depositado inadequada e ilegalmente nos sistemas de esgotos,  provoca a contaminação de enormes quantidades de água (um litro de oléo polui um milhão de litros de água), sendo altamente tóxico para os oceanos, rios, lagos e outros ecossistemas naturais. Para além de a biodegradação dos óleos usados contribuir para o aumento das emissões de GEE.

  • Incentivo à reciclagem: a Biosarg fomenta o adequado modo de deposição e reciclagem dos óleos utilizado nas cozinhas dos 350 restaurantes que são seus parceiros.

Social

  • Incentivo à economia local: para a deposição do óleo utilizado, os restaurantes precisam de uma licença, que é paga. Como parceiros da Biosarg, esta fica responsável pela recolha do óleo de forma gratuita, deixando os restaurantes de ter de pagar a licença. 

  • Contributo para economia circular: o conceito de economia circular assenta na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energias, substituindo, assim, o conceito de fim de vida da economia linear. Este projeto, gera economia circular através da valorização do OAU e da sua reutilização. 

  • Sensibilização da população para questões ambientais relativas à inadequada eliminação do OAU.

Informação do Projeto

A Biosarg é uma empresa portuguesa certificada como Pequeno Produtor Dedicado de Biocombustível (PPD), usando uma tecnologia inovadora de cavitação com recurso às máquinas Biotron CT.

As energias renováveis podem ter vários tipos de fontes - as que utilizam materiais derivados de fontes biológicas denominam-se bioenergia. A bioenergia é o nome geralmente utilizado para designar a biomassa e os biocombustíveis líquidos e gasosos (biodiesel e bioetanol, biogás e hidrogénio). O biodiesel é um combustível líquido que pode ser formado a partir de óleos, gorduras vegetais ou animais ou óleos usados, e que pode ser utilizado para substituir ou adicionar aos combustíveis fósseis derivados do petróleo.

O promotor está atualmente a desenvolver um projeto de expansão e melhoria na sua fábrica de produção de biodiesel com um montante global de € 420.000: € 150.000 serão angariados através da GoParity e os restantes com recurso a capitais próprios aportados pelos novos sócios da empresa. Esta é a segunda campanha do promotor na GoParity, depois de ter angariado 75.000€ na campanha anterior. O empréstimo será utilizado na compra de novo equipamento penhorável - uma máquina Biotron CT 1000L e um sistema de tancagem com capacidade para 300.000 litros. Estes equipamentos permitirão à empresa aumentar a sua eficiência e capacidade de produção. Adicionalmente, neste projeto de expansão a Biosarg está a considerar a compra de um equipamento para purificar a glicerina (o único resíduo produzido pela fábrica atualmente), tornando a produção ainda mais ecológica.

A Biosarg produz biodiesel a partir de óleos alimentares usados (OAU), que obtém através da sua rede local de parceiros no setor da restauração. A empresa está licenciada pela Agência Portuguesa do Ambiente para a produção de biodiesel, tendo certificado um prestador de serviços para recolha do óleo usado juntos dos 350 restaurantes com quem tem parceria. Os restaurantes parceiros apresentam um selo da Biosarg que os identifica como fornecedores de óleo para reciclagem.

Viabilidade Financeira

A produção da Biosarg é feita com recurso a óleos usados da restauração, setor onde a empresa já tem mais de 350 parceiros. Este projeto permitirá à empresa aumentar a sua capacidade de produção e, consequentemente, aumentar as suas receitas.

100% Financiado
5 yr

Prazo

4.75%

TANB

12 meses

Período de Carência

mensal

periodicidade

B

rating

circular_economy

Economia Circular

6. Água potável e Saneamento

SDG 6. Água potável e Saneamento

12. Produção e Consumo Sustentáveis

SDG 12. Produção e Consumo Sustentáveis

7. Energias renováveis e acessíveis

SDG 7. Energias renováveis e acessíveis

Equipamento para reutilização de óleo para produção de biodiesel.

100% Montante confirmado = € 40.000,00
Montante reservado = € 0,00
€ 40.000,00

Impacto

Ambiental

  • Redução de emissões de Gases com Efeito de Estufa (GEE): entre os biocombustíveis existentes, o biodiesel produzido a partir de OAU, é aquele que emite menos GEE, garantindo 88% de redução de emissões. Com estes novos equipamentos, o biodiesel produzido pela Biosarg (3.500 ton/ano) terá um efeito de redução de 11.056,87 ton de CO2/ano.

  • Diminuição da contaminação de água dos sistemas de esgotos: quando o OAU é depositado inadequada e ilegalmente nos sistemas de esgotos,  provoca a contaminação de enormes quantidades de água (um litro de oléo polui um milhão de litros de água), sendo altamente tóxico para os oceanos, rios, lagos e outros ecossistemas naturais. Para além de a biodegradação dos óleos usados contribuir para o aumento das emissões de GEE.

  • Incentivo à reciclagem: a Biosarg fomenta o adequado modo de deposição e reciclagem dos óleos utilizado nas cozinhas dos 350 restaurantes que são seus parceiros.

Social

  • Incentivo à economia local: para a deposição do óleo utilizado, os restaurantes precisam de uma licença, que é paga. Como parceiros da Biosarg, esta fica responsável pela recolha do óleo de forma gratuita, deixando os restaurantes de ter de pagar a licença. 

  • Contributo para economia circular: o conceito de economia circular assenta na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energias, substituindo, assim, o conceito de fim de vida da economia linear. Este projeto, gera economia circular através da valorização do OAU e da sua reutilização. 

  • Sensibilização da população para questões ambientais relativas à inadequada eliminação do OAU.

Informação do Projeto

A Biosarg é uma empresa portuguesa certificada como Pequeno Produtor Dedicado de Biocombustível (PPD), usando uma tecnologia inovadora de cavitação com recurso às máquinas Biotron CT.

As energias renováveis podem ter vários tipos de fontes - as que utilizam materiais derivados de fontes biológicas denominam-se bioenergia. A bioenergia é o nome geralmente utilizado para designar a biomassa e os biocombustíveis líquidos e gasosos (biodiesel e bioetanol, biogás e hidrogénio). O biodiesel é um combustível líquido que pode ser formado a partir de óleos, gorduras vegetais ou animais ou óleos usados, e que pode ser utilizado para substituir ou adicionar aos combustíveis fósseis derivados do petróleo.

O promotor está atualmente a desenvolver um projeto de expansão e melhoria na sua fábrica de produção de biodiesel com um montante global de € 420.000: € 150.000 serão angariados através da GoParity e os restantes com recurso a capitais próprios aportados pelos novos sócios da empresa. Esta é a segunda campanha do promotor na GoParity, depois de ter angariado 75.000€ na campanha anterior. O empréstimo será utilizado na compra de novo equipamento penhorável - uma máquina Biotron CT 1000L e um sistema de tancagem com capacidade para 300.000 litros. Estes equipamentos permitirão à empresa aumentar a sua eficiência e capacidade de produção. Adicionalmente, neste projeto de expansão a Biosarg está a considerar a compra de um equipamento para purificar a glicerina (o único resíduo produzido pela fábrica atualmente), tornando a produção ainda mais ecológica.

A Biosarg produz biodiesel a partir de óleos alimentares usados (OAU), que obtém através da sua rede local de parceiros no setor da restauração. A empresa está licenciada pela Agência Portuguesa do Ambiente para a produção de biodiesel, tendo certificado um prestador de serviços para recolha do óleo usado juntos dos 350 restaurantes com quem tem parceria. Os restaurantes parceiros apresentam um selo da Biosarg que os identifica como fornecedores de óleo para reciclagem.

Viabilidade Financeira

A produção da Biosarg é feita com recurso a óleos usados da restauração, setor onde a empresa já tem mais de 350 parceiros. Este projeto permitirá à empresa aumentar a sua capacidade de produção e, consequentemente, aumentar as suas receitas.

Biosarg, Unipessoal LDA

Ativo desde
2007
País fiscal
Portugal
Com operações em
Setúbal
Indústria
Energia
Empréstimos GoParity
2
Website
Sobre Biosarg, Unipessoal LDA

Fundada em 2007, a Biosarg Lda, é uma pequena empresa com sede em Palmela que tem como principal atividade a produção de biodiesel a partir de óleos usados e o trading de óleos usados.

Manuel Castro Norton Vaz Pinto, com mais de 12 anos de experiência no setor energético, é o sócio-gerente da empresa.

A empresa tem atualmente 4 funcionários e a sua operação está localizada numa fábrica em Palmela, com 500 metros quadrados.

O Modelo de Negócio

A Biosarg é uma empresa certificada como Pequeno Produtor Dedicado de Biocombustível (PPD), que utiliza uma tecnologia inovadora de cavitação para produção de biodiesel através de óleos usados da restauração. Os óleos usados são obtidos junto da sua rede de parceiros de forma gratuita (350 restaurantes portugueses). A recolha e entrega nas instalações da Biosarg é feita por uma rede de pequenos transportadores certificados pela empresa, que utilizam para o efeito guias de transporte disponibilizados pela empresa.

Enquanto PPD, o promotor vende o biodiesel diretamente a grandes consumidores finais (transportadoras de passageiros e mercadorias, empresas com grandes frotas, etc. Por exemplo, EPTM, Transpataense, TGF, Valui, Verdasca, Santos e Loureiro e Eurolabaredas).

O estatuto de PPD permite ainda à empresa usufruir de benefícios fiscais (isenção de imposto que são cobrados sobre os produtos petrolíferos e energéticos), estando a sua produção limitada a um máxima de 3.500 toneladas/ano. Para este projeto, irão entrar novos sócios na empresa, com aportações mínimas de 350.000€.

Trajetória

Atualmente, a empresa compra em média 300.000 litros de óleo por ano, maioritariamente a empresas Portuguesas e Espanholas, e produz 100.000 litros de biodiesel que vende sobretudo a empresas Portuguesas. Os restantes 200.000 litros são vendidos a outros produtores de biodiesel. 

Rating Promotor: B

Garantias

Este projeto terá como garantia o penhor do equipamento comprado (Biotron CT 1000L).

Biosarg, Unipessoal LDA

Ativo desde
2007
País fiscal
Portugal
Com operações em
Setúbal
Indústria
Energia
Empréstimos GoParity
2
Website
Sobre Biosarg, Unipessoal LDA

Fundada em 2007, a Biosarg Lda, é uma pequena empresa com sede em Palmela que tem como principal atividade a produção de biodiesel a partir de óleos usados e o trading de óleos usados.

Manuel Castro Norton Vaz Pinto, com mais de 12 anos de experiência no setor energético, é o sócio-gerente da empresa.

A empresa tem atualmente 4 funcionários e a sua operação está localizada numa fábrica em Palmela, com 500 metros quadrados.

O Modelo de Negócio

A Biosarg é uma empresa certificada como Pequeno Produtor Dedicado de Biocombustível (PPD), que utiliza uma tecnologia inovadora de cavitação para produção de biodiesel através de óleos usados da restauração. Os óleos usados são obtidos junto da sua rede de parceiros de forma gratuita (350 restaurantes portugueses). A recolha e entrega nas instalações da Biosarg é feita por uma rede de pequenos transportadores certificados pela empresa, que utilizam para o efeito guias de transporte disponibilizados pela empresa.

Enquanto PPD, o promotor vende o biodiesel diretamente a grandes consumidores finais (transportadoras de passageiros e mercadorias, empresas com grandes frotas, etc. Por exemplo, EPTM, Transpataense, TGF, Valui, Verdasca, Santos e Loureiro e Eurolabaredas).

O estatuto de PPD permite ainda à empresa usufruir de benefícios fiscais (isenção de imposto que são cobrados sobre os produtos petrolíferos e energéticos), estando a sua produção limitada a um máxima de 3.500 toneladas/ano. Para este projeto, irão entrar novos sócios na empresa, com aportações mínimas de 350.000€.

Trajetória

Atualmente, a empresa compra em média 300.000 litros de óleo por ano, maioritariamente a empresas Portuguesas e Espanholas, e produz 100.000 litros de biodiesel que vende sobretudo a empresas Portuguesas. Os restantes 200.000 litros são vendidos a outros produtores de biodiesel. 

Rating Promotor: B

Garantias

Este projeto terá como garantia o penhor do equipamento comprado (Biotron CT 1000L).

Estado dos Pagamentos: Em cumprimento

2021-01-03

Primeiro pagamento

A primeira amortização foi paga a todos os investidores

2020-12-03

100% financiado

329 investidores angariaram 40.000€

2020-10-21

Aberto a investimento

Esta campanha irá evitar a emissão de 5.528 toneladas de CO2 por ano

Estado dos Pagamentos: Em cumprimento

2021-01-03

Primeiro pagamento

A primeira amortização foi paga a todos os investidores

2020-12-03

100% financiado

329 investidores angariaram 40.000€

2020-10-21

Aberto a investimento

Esta campanha irá evitar a emissão de 5.528 toneladas de CO2 por ano