Projetos

ReCap Solar Colômbia

100% Montante confirmado = € 56.600,00
Montante reservado = € 0,00
€ 56.600,00
100% Financiado
5 yr

Prazo

5.8%

TANB

trimestral

periodicidade

B-

rating

sustainable_energy

Energia Sustentável

12. Produção e Consumo Sustentáveis

SDG 12. Produção e Consumo Sustentáveis

Energias renováveis e acessíveis

SDG Energias renováveis e acessíveis

9. Indústria, Inovação e Infraestruturas

SDG 9. Indústria, Inovação e Infraestruturas

Duas centrais solares fotovoltaicas na Colômbia.

Impacto

As duas centrais terão um impacto ambiental postivo direto:

  • Redução de emissão de CO2: no total, os dois projetos permitirão evitar a emissão de 47,22 toneladas de CO2 para a atmosfera por ano, o equivalente a plantar 2.146 árvores e ao consumo anual de 31 famílias europeias;

  • Produção de energia limpa: no total, os projetos irão gerar 123 MWh de energia limpa por ano.

Adicionalmente, os projetos terão um impacto social indireto:

  • Consciencialização para a energia sustentável: o sistema instalado na escola servirá como um exemplo real dos benefícios da energia solar para os alunos da escola e respetivos pais. 

  • Promoção do modelo de negócio das energias renováveis: o projeto desenvolvido para a Agromonte é um exemplo da aplicabilidade da energia solar no setor agrícola, servindo como benchmark para o setor do cultivo e comercialização de flores, um segmento de negócio importante na Colômbia.

  • Redução de custos energéticos: ambas as empresas conseguirão reduzir os seus custos com eletricidade.

Informação do Projeto

Esta campanha tem como objetivo refinanciar dois projetos de energia fotovoltaica na região de Cundinamarca, na Colômbia.

O promotor de ambos os projetos é o Grupo ReCap, uma empresa com mais de 10 anos de experiência no setor das energias renováveis em projetos de eficiência energética, sendo este o segundo projeto promovido pela empresa na GoParity.

As características e objetivos de ambos os projetos estão descritos abaixo:

Colégio Claretiano

Fundado em 1968 pelo Padre Missionário Claretiano Miguel Rodriguez, o Colégio começou por ser um pequeno centro de estudos para crianças da Paróquia. Desde então, tornou-se um importante centro educativo na região. A sua proposta educativa inclui a criação de impacto social e ambiental, apoioada numa estrutura organizacional que favorece as qualidades humanas e espirituais dos seus alunos. Devido à atual situação de pandemia, o Colégio está a oferecer aulas à distância e, até à data, não houve desistência de nenhum aluno.

A central solar foi instalada no mês de julho e a expectativa é de que seja conectada à rede durante o mês de agosto, tendo as seguintes características técnicas: 

  • Capacidade instalada: 60,75 kWp

  • Produção anual estimada: 91,61 MWh

  • Redução anual de CO2: 35,4 toneladas

Agromonte

A Agromonte está no setor das flores desde 1984. A empresa recorre ao cultivo hidropónico, o que lhe permite ocupar menos espaço, minimizando a utilização de fertilizantes e pesticidas, procurando garantir a elevada qualidade dos seus produtos. 

A empresa preocupa-se com o bem-estar dos seus funcionários, fornecendo cuidados de saúde, estabilidade e formação. Também reconhece o seu papel como agente de desenvolvimento da comunidade, estando comprometida em ser uma referência, por exemplo através da utilização de energia solar. As vendas da empresa não foram afetadas negativamente pelo surto de Covid-19, tendo até aumentado. 

A central fotovoltaica está a funcionar desde outubro de 2019 e tem as seguintes características técnicas:

  • Capacidade instalada: 24,70 kWp

  • Produção anual estimada: 30,39 MWh 

  • Redução anual de CO2: 11,82 toneladas

Viabilidade financeira

Ambos os projetos serão refinanciados com esta campanha. O capital já investido pela ReCap será utilizado na sua expansão para o mercado colombiano. 

O Colégio Claretiano e a Agromonte pagarão uma prestação mensal à ReCap em troca dos benefícios proporcionados pelos painéis fotovoltaicos, durante o período dos contratos estabelecidos (15 e 7 anos, respetivamente). Esta mensalidade é definida com base no preço cobrado pela empresa de comercialização de energia local, sobre o qual é aplicado um desconto.

Este modelo garante sempre uma poupança para o cliente final, uma vez que ao consumir a energia produzida pelos painéis fotovoltaicos instalados nos seus telhados, estão a reduzir os seus custos com eletricidade, face aos que se verificariam em circunstâncias normais. A energia que não pode ser produzida pelos painéis é comprada à rede.

As comissões pagas pelo cliente permitem à ReCap reembolsar os investidores e cobrir as operações necessárias para o desenvolvimento e gestão do projeto.

100% Financiado
5 yr

Prazo

5.8%

TANB

trimestral

periodicidade

B-

rating

sustainable_energy

Energia Sustentável

12. Produção e Consumo Sustentáveis

SDG 12. Produção e Consumo Sustentáveis

Energias renováveis e acessíveis

SDG Energias renováveis e acessíveis

9. Indústria, Inovação e Infraestruturas

SDG 9. Indústria, Inovação e Infraestruturas

Duas centrais solares fotovoltaicas na Colômbia.

100% Montante confirmado = € 56.600,00
Montante reservado = € 0,00
€ 56.600,00

Impacto

As duas centrais terão um impacto ambiental postivo direto:

  • Redução de emissão de CO2: no total, os dois projetos permitirão evitar a emissão de 47,22 toneladas de CO2 para a atmosfera por ano, o equivalente a plantar 2.146 árvores e ao consumo anual de 31 famílias europeias;

  • Produção de energia limpa: no total, os projetos irão gerar 123 MWh de energia limpa por ano.

Adicionalmente, os projetos terão um impacto social indireto:

  • Consciencialização para a energia sustentável: o sistema instalado na escola servirá como um exemplo real dos benefícios da energia solar para os alunos da escola e respetivos pais. 

  • Promoção do modelo de negócio das energias renováveis: o projeto desenvolvido para a Agromonte é um exemplo da aplicabilidade da energia solar no setor agrícola, servindo como benchmark para o setor do cultivo e comercialização de flores, um segmento de negócio importante na Colômbia.

  • Redução de custos energéticos: ambas as empresas conseguirão reduzir os seus custos com eletricidade.

Informação do Projeto

Esta campanha tem como objetivo refinanciar dois projetos de energia fotovoltaica na região de Cundinamarca, na Colômbia.

O promotor de ambos os projetos é o Grupo ReCap, uma empresa com mais de 10 anos de experiência no setor das energias renováveis em projetos de eficiência energética, sendo este o segundo projeto promovido pela empresa na GoParity.

As características e objetivos de ambos os projetos estão descritos abaixo:

Colégio Claretiano

Fundado em 1968 pelo Padre Missionário Claretiano Miguel Rodriguez, o Colégio começou por ser um pequeno centro de estudos para crianças da Paróquia. Desde então, tornou-se um importante centro educativo na região. A sua proposta educativa inclui a criação de impacto social e ambiental, apoioada numa estrutura organizacional que favorece as qualidades humanas e espirituais dos seus alunos. Devido à atual situação de pandemia, o Colégio está a oferecer aulas à distância e, até à data, não houve desistência de nenhum aluno.

A central solar foi instalada no mês de julho e a expectativa é de que seja conectada à rede durante o mês de agosto, tendo as seguintes características técnicas: 

  • Capacidade instalada: 60,75 kWp

  • Produção anual estimada: 91,61 MWh

  • Redução anual de CO2: 35,4 toneladas

Agromonte

A Agromonte está no setor das flores desde 1984. A empresa recorre ao cultivo hidropónico, o que lhe permite ocupar menos espaço, minimizando a utilização de fertilizantes e pesticidas, procurando garantir a elevada qualidade dos seus produtos. 

A empresa preocupa-se com o bem-estar dos seus funcionários, fornecendo cuidados de saúde, estabilidade e formação. Também reconhece o seu papel como agente de desenvolvimento da comunidade, estando comprometida em ser uma referência, por exemplo através da utilização de energia solar. As vendas da empresa não foram afetadas negativamente pelo surto de Covid-19, tendo até aumentado. 

A central fotovoltaica está a funcionar desde outubro de 2019 e tem as seguintes características técnicas:

  • Capacidade instalada: 24,70 kWp

  • Produção anual estimada: 30,39 MWh 

  • Redução anual de CO2: 11,82 toneladas

Viabilidade financeira

Ambos os projetos serão refinanciados com esta campanha. O capital já investido pela ReCap será utilizado na sua expansão para o mercado colombiano. 

O Colégio Claretiano e a Agromonte pagarão uma prestação mensal à ReCap em troca dos benefícios proporcionados pelos painéis fotovoltaicos, durante o período dos contratos estabelecidos (15 e 7 anos, respetivamente). Esta mensalidade é definida com base no preço cobrado pela empresa de comercialização de energia local, sobre o qual é aplicado um desconto.

Este modelo garante sempre uma poupança para o cliente final, uma vez que ao consumir a energia produzida pelos painéis fotovoltaicos instalados nos seus telhados, estão a reduzir os seus custos com eletricidade, face aos que se verificariam em circunstâncias normais. A energia que não pode ser produzida pelos painéis é comprada à rede.

As comissões pagas pelo cliente permitem à ReCap reembolsar os investidores e cobrir as operações necessárias para o desenvolvimento e gestão do projeto.

ReCap Solar Fund II AB

Ativo desde
2018
País fiscal
Suécia
Com operações em
Brasil, Colômbia e Espanha
Indústria
Energia renovável
Empréstimos GoParity
1
Sobre ReCap Solar Fund II AB

O ReCap Solar Fund II AB é uma subsidiária do Grupo ReCap, uma organização criada em 2010 com a missão de unir capital institucional a projetos rentáveis de energia renovávei a nível global, contribuindo assim para um futuro mais sustentável. Desde 2017, a empresa está focada no fornecimento de energia solar como um serviço (EaaS – Energy as a Service). Com sede em Estocolmo, na Suécia, e subsidiárias em Espanha, Colombia e Brasil, a principal atividade do Grupo é estruturar e gerir fundos para investimento em painéis fotovoltaicos, que são instalados nos telhados dos seus clientes (nos setores da indústria e do comércio). A ReCap assume, assim, o risco financeiro, técnico e operacional em nome do cliente final, que beneficia de uma redução dos seus custos com eletricidade, através do consumo da energia produzida pelos painéis que são detidos pela ReCap.

O Modelo de Negócio

O modelo de negócio do Grupo ReCap tem por base a partilha dos benefícios gerados pela instalação dos painéis fotovoltaicos com os seus clientes finais (onde são instalados estes mesmos painéis). O cliente final (empresas do setor comercial ou industrial com custos de eletricidade geralmente elevados) não precisa de fazer nenhum investimento inicial, uma vez que a ReCap detém, instala e é responsável pela manutenção das centrais, em troca de uma comissão, que é sempre inferior à que o cliente paga à empresa de comercialização de energia local. Estas comissões cobrem o investimento inicial, os custos operacionais e garante ainda um retorno significativo e estável aos investidores. Este modelo foi primeiro implementado em Espanha com sucesso. A Colômbia foi o mercado seguinte, seguindo-se o Brasil. O Grupo está atualmente em expansão para o mercado Português e Indiano.

Trajetória

Desde 2017, o Grupo ReCap está focado na diversificação do seu portfolio nos países onde desenvolve projetos. Atualmente, a capacidade contratada da empresa por região é:

  • Suécia: 3,1 MWp em parceria com Vattenfall

  • Espanha: 3,74 MWp

  • Colômbia: 1 MWp

  • Brasil: 55 kWp

Atualmente, a ReCap tem 46 clientes distribuídos por Espanha e América Latina. A dimensão dos projetos vai de 10 kWp a 1 MWp.

A empresa está atualmente em expansão para a Índia e fornece serviços energéticos que vão da mobilidade elétrica, a sistemas de armazenamento de energia ou a sistemas de gestão energética.

Rating Promotor: B-

Garantias

  • Contrato de penhor sobre as ações da ReCap Solar Fund II AB;

  • Contrato de penhor sobre as ações da ReCap Solar Colombia SAS;

  • Contrato de penhor sobre os direitos de crédito a receber decorrentes do contrato de partilha de poupança, que pertencerão à ReCap Solar Colombia SAS.

ReCap Solar Fund II AB

Ativo desde
2018
País fiscal
Suécia
Com operações em
Brasil, Colômbia e Espanha
Indústria
Energia renovável
Empréstimos GoParity
1
Sobre ReCap Solar Fund II AB

O ReCap Solar Fund II AB é uma subsidiária do Grupo ReCap, uma organização criada em 2010 com a missão de unir capital institucional a projetos rentáveis de energia renovávei a nível global, contribuindo assim para um futuro mais sustentável. Desde 2017, a empresa está focada no fornecimento de energia solar como um serviço (EaaS – Energy as a Service). Com sede em Estocolmo, na Suécia, e subsidiárias em Espanha, Colombia e Brasil, a principal atividade do Grupo é estruturar e gerir fundos para investimento em painéis fotovoltaicos, que são instalados nos telhados dos seus clientes (nos setores da indústria e do comércio). A ReCap assume, assim, o risco financeiro, técnico e operacional em nome do cliente final, que beneficia de uma redução dos seus custos com eletricidade, através do consumo da energia produzida pelos painéis que são detidos pela ReCap.

O Modelo de Negócio

O modelo de negócio do Grupo ReCap tem por base a partilha dos benefícios gerados pela instalação dos painéis fotovoltaicos com os seus clientes finais (onde são instalados estes mesmos painéis). O cliente final (empresas do setor comercial ou industrial com custos de eletricidade geralmente elevados) não precisa de fazer nenhum investimento inicial, uma vez que a ReCap detém, instala e é responsável pela manutenção das centrais, em troca de uma comissão, que é sempre inferior à que o cliente paga à empresa de comercialização de energia local. Estas comissões cobrem o investimento inicial, os custos operacionais e garante ainda um retorno significativo e estável aos investidores. Este modelo foi primeiro implementado em Espanha com sucesso. A Colômbia foi o mercado seguinte, seguindo-se o Brasil. O Grupo está atualmente em expansão para o mercado Português e Indiano.

Trajetória

Desde 2017, o Grupo ReCap está focado na diversificação do seu portfolio nos países onde desenvolve projetos. Atualmente, a capacidade contratada da empresa por região é:

  • Suécia: 3,1 MWp em parceria com Vattenfall

  • Espanha: 3,74 MWp

  • Colômbia: 1 MWp

  • Brasil: 55 kWp

Atualmente, a ReCap tem 46 clientes distribuídos por Espanha e América Latina. A dimensão dos projetos vai de 10 kWp a 1 MWp.

A empresa está atualmente em expansão para a Índia e fornece serviços energéticos que vão da mobilidade elétrica, a sistemas de armazenamento de energia ou a sistemas de gestão energética.

Rating Promotor: B-

Garantias

  • Contrato de penhor sobre as ações da ReCap Solar Fund II AB;

  • Contrato de penhor sobre as ações da ReCap Solar Colombia SAS;

  • Contrato de penhor sobre os direitos de crédito a receber decorrentes do contrato de partilha de poupança, que pertencerão à ReCap Solar Colombia SAS.

Estado dos Pagamentos: Em cumprimento

2020-10-19

100% financiado

297 investidores angariaram 56.600€

2020-10-18

Aberto a investimento

Esta campanha irá evitar a emissão de 47 toneladas de CO2 por ano

2020-09-03

Prolongamento da campanha

A campanha foi prolongada até 18 de outubro para que mais pessoas possam investir

Estado dos Pagamentos: Em cumprimento

2020-10-19

100% financiado

297 investidores angariaram 56.600€

2020-10-18

Aberto a investimento

Esta campanha irá evitar a emissão de 47 toneladas de CO2 por ano

2020-09-03

Prolongamento da campanha

A campanha foi prolongada até 18 de outubro para que mais pessoas possam investir