Projetos

Solar Nursing Home

100% Montante confirmado = € 21.250,00
Montante reservado = € 0,00
€ 21.250,00
100% Financiado
7 yr

Prazo

4%

TANB

6 meses

Período de Carência

mensal

periodicidade

B+

rating

sustainable_energy

Energia Sustentável

11. Cidades e comunidades sustentáveis

SDG 11. Cidades e comunidades sustentáveis

Energia solar para auto-consumo num centro social em Montemor-o-Novo.

Impacto

A mudança para o sistema de iluminação LED permitirá uma poupança anual no consumo de eletricidade de cerca de 53% (5.445 kWh/ano). Por sua vez, o sistema fotovoltaico irá garantir a produção de 52% da energia consumida localmente. Estas duas mudanças irão gerar uma poupança estimada de 25,4MWh por ano (o equivalente ao consumo elétrico de 9 famílias portuguesas aproximadamente), evitando assim a emissão de 7 toneladas de CO2 por ano para a atmosfera, o equivalente à plantação de 305 árvores. A poupança gerada permitirá à instituição investir o montante poupado anualmente na melhoria dos seus serviços sociais de apoio a idosos e comunidade envolvente. 

“Os meus dias passaram a ter outra cor. Aqui no lar tenho sempre coisas para me entreter, pessoas que me compreendem e que tratam bem de mim.”, refere um utente do Centro Social e Paroquial de São Cristóvão

Informação do Projeto

Os fundos angariados com esta campanha serão utilizados para financiar um sistema fotovoltaico de 11,88kWp para autoconsumo (constituído por 36 módulos de 330 Wp) e a substituição do sistema de iluminação atual por tecnologia LED no Centro Social e Paroquial de São Cristóvão, em Montemor-o-Novo, uma IPSS sem fins lucrativos que dá apoio social a idosos e à comunidade envolvente.

Tanto o sistema LED como a central resultarão numa poupança de energia significativa em comparação com o consumo atual. À medida que a energia solar se torna mais barata, melhor o modelo de negócio para a produção de eletricidade para auto-consumo especialmente em regiões com elevada exposição solar, como é o caso do Alentejo. 

Viabilidade financeira

A poupança de energia resultará numa poupança de custos anual de cerca de 4.730€ em eletricidade. Este montante é superior ao custo do financiamento do projeto (3.770€/ano), tornando-o um investimento sólido e lucrativo desde o primeiro dia.

100% Financiado
7 yr

Prazo

4%

TANB

6 meses

Período de Carência

mensal

periodicidade

B+

rating

sustainable_energy

Energia Sustentável

11. Cidades e comunidades sustentáveis

SDG 11. Cidades e comunidades sustentáveis

Energia solar para auto-consumo num centro social em Montemor-o-Novo.

100% Montante confirmado = € 21.250,00
Montante reservado = € 0,00
€ 21.250,00

Impacto

A mudança para o sistema de iluminação LED permitirá uma poupança anual no consumo de eletricidade de cerca de 53% (5.445 kWh/ano). Por sua vez, o sistema fotovoltaico irá garantir a produção de 52% da energia consumida localmente. Estas duas mudanças irão gerar uma poupança estimada de 25,4MWh por ano (o equivalente ao consumo elétrico de 9 famílias portuguesas aproximadamente), evitando assim a emissão de 7 toneladas de CO2 por ano para a atmosfera, o equivalente à plantação de 305 árvores. A poupança gerada permitirá à instituição investir o montante poupado anualmente na melhoria dos seus serviços sociais de apoio a idosos e comunidade envolvente. 

“Os meus dias passaram a ter outra cor. Aqui no lar tenho sempre coisas para me entreter, pessoas que me compreendem e que tratam bem de mim.”, refere um utente do Centro Social e Paroquial de São Cristóvão

Informação do Projeto

Os fundos angariados com esta campanha serão utilizados para financiar um sistema fotovoltaico de 11,88kWp para autoconsumo (constituído por 36 módulos de 330 Wp) e a substituição do sistema de iluminação atual por tecnologia LED no Centro Social e Paroquial de São Cristóvão, em Montemor-o-Novo, uma IPSS sem fins lucrativos que dá apoio social a idosos e à comunidade envolvente.

Tanto o sistema LED como a central resultarão numa poupança de energia significativa em comparação com o consumo atual. À medida que a energia solar se torna mais barata, melhor o modelo de negócio para a produção de eletricidade para auto-consumo especialmente em regiões com elevada exposição solar, como é o caso do Alentejo. 

Viabilidade financeira

A poupança de energia resultará numa poupança de custos anual de cerca de 4.730€ em eletricidade. Este montante é superior ao custo do financiamento do projeto (3.770€/ano), tornando-o um investimento sólido e lucrativo desde o primeiro dia.

Centro Social Paroquial de São Cristóvão

Ativo desde
1997
País fiscal
Portugal
Com operações em
São Cristóvão
Indústria
Solidariedade Social
Empréstimos GoParity
1
Sobre Centro Social Paroquial de São Cristóvão

O Centro Social Paroquial de São Cristóvão é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) sem fins lucrativos, localizada em São Cristóvão, Montemor o Novo. Foi fundado em 1997 por iniciativa da Fábrica da Igreja, por decreto do arcebispo da Arquidiocese de Évora. A sua missão é receber, apoiar e garantir o bem-estar, direitos e necessidades das pessoas idosas e das comunidades ao seu redor. A IPPS é composta por três valências: um Lar de Idosos, um Centro de Dia e um Serviço de Apoio Domiciliário.

O Modelo de Negócio

O financiamento do Centro Social Paroquial de São Cristóvão tem por base as remunerações pagas pelos seus utentes pelos serviços prestados (lar de idosos, Centro de Dia e Apoio Domiciliário). Adicionalmente, sendo uma caridade, a Paróquia recebe um subsídio social do Estado, é pago de acordo com o número de pessoas que apoiadas pelas várias valências da instituição. Além disso, recebem ainda donativos de cidadãos e empresas.

Trajetória

O Centro Social e Paroquial de São Cristóvão foi fundado  23 anosAtualmente, a instituição apoia 36 pessoas no total (20 utentes no Lar de Idosos, 9 utentes em serviço de apoio domiciliário e 7 utentes no centro do dia) e tem 17 funcionários (entre auxiliarespessoal técnicoum médicouma enfermeira e uma animadora). 

Com 268.000€ em depósitos bancários e um ativo não-corrente de mais de 330.000€, o promotor regista um baixo nível de risco (B+, de acordo com a nossa escala).   

Rating Promotor: B+

Garantias

Este projeto terá como garantia o penhor do equipamento. 

Centro Social Paroquial de São Cristóvão

Ativo desde
1997
País fiscal
Portugal
Com operações em
São Cristóvão
Indústria
Solidariedade Social
Empréstimos GoParity
1
Sobre Centro Social Paroquial de São Cristóvão
O Centro Social Paroquial de São Cristóvão é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) sem fins lucrativos, localizada em São Cristóvão, Montemor o Novo. Foi fundado em 1997 por iniciativa da Fábrica da Igreja, por decreto do arcebispo da Arquidiocese de Évora. A sua missão é receber, apoiar e garantir o bem-estar, direitos e necessidades das pessoas idosas e das comunidades ao seu redor. A IPPS é composta por três valências: um Lar de Idosos, um Centro de Dia e um Serviço de Apoio Domiciliário.
O Modelo de Negócio

O financiamento do Centro Social Paroquial de São Cristóvão tem por base as remunerações pagas pelos seus utentes pelos serviços prestados (lar de idosos, Centro de Dia e Apoio Domiciliário). Adicionalmente, sendo uma caridade, a Paróquia recebe um subsídio social do Estado, é pago de acordo com o número de pessoas que apoiadas pelas várias valências da instituição. Além disso, recebem ainda donativos de cidadãos e empresas.

Trajetória

O Centro Social e Paroquial de São Cristóvão foi fundado  23 anosAtualmente, a instituição apoia 36 pessoas no total (20 utentes no Lar de Idosos, 9 utentes em serviço de apoio domiciliário e 7 utentes no centro do dia) e tem 17 funcionários (entre auxiliarespessoal técnicoum médicouma enfermeira e uma animadora). 

Com 268.000€ em depósitos bancários e um ativo não-corrente de mais de 330.000€, o promotor regista um baixo nível de risco (B+, de acordo com a nossa escala).   

Rating Promotor: B+

Garantias

Este projeto terá como garantia o penhor do equipamento. 

Estado dos Pagamentos: Em cumprimento

Estado dos Pagamentos: Em cumprimento